terça-feira, 12 de dezembro de 2017

AFBEPA PARTICIPA DO TREINAMENTO INTRODUTÓRIO DOS BANCÁRIOS RECÉM- CONTRATADOS PELO BANPARÁ


A convite do Banpará, a presidenta da AFBEPA, Kátia Furtado, participou ontem, 11 de dezembro, do treinamento introdutório dos funcionários recém-contratados pelo Banpará, realizado no Belém Soft hotel.

Kátia Furtado explicou as missões estatutárias da AFBEPA, a luta pela defesa, manutenção e fortalecimento do Banpará, além da defesa dos interesses e direitos do funcionalismo. Também foi feita uma apresentação básica dos serviços e convênios oferecidos pela AFBEPA, na qual distribuímos um material contendo a lista de convênios e a ficha de associação a AFBEPA, para os colegas interessados em se associar e assim usufruir dos benefícios que deriva do associativismo, como os serviços de advocacia nas áreas trabalhista, administrativa e consumidor. Informou, ainda, que para se associar o trabalhador paga 1,5% do salário base.


A presidenta destacou que a AFBEPA vem lutando bravamente na defesa dos nossos interesses, direitos e conquistas, tanto no dialogo com o Banco, quanto nos tribunais quando necessário. Evidenciou que atualmente, por decisão do STF, a AFBEPA só pode representar os bancários associados. Esse é mais um motivo importante para que os colegas se associem.


A AFBEPA dá as boas vindas e recebe com alegria os colegas recém-contratados. Temos plena convicção que a chegada de vocês ajudará a crescer e fortalecer o Banpará, patrimônio do povo paraense, e mais ainda, engrandecerá a nossa luta coletiva, por melhores condições de vida e de trabalho!

Sejam muito bem vindos!

UNIDOS SOMOS FORTES!

A DIREÇÃO DA AFBEPA

Texto e Imagens: Gleici Correa

Assessoria de Imprensa

AFBEPA JÁ INICIOU A ENTREGA DOS BRINDES DE NATAL


A AFBEPA já está distribuindo os brindes de Natal aos seus associados e associadas. Essa é uma singela homenagem que já é tradição da nossa Associação e serve para demonstrar a cada um de vocês toda nossa gratidão por ajudarem a fazer a AFBEPA crescer e se fortalecer cada vez mais, cumprindo sua missão junto aos funcionários do Banpará.


O mimo deste ano é uma bolsa térmica, escolhida com muito carinho pela Diretoria da AFBEPA, que a nosso ver será muito útil para todos os nossos associados e associadas.


Os associados lotados na capital começaram a receber os brindes na data de hoje, 12 de dezembro. Para os associados do interior, a AFBEPA já encaminhou, desde a semana passada, por malote para cada local de trabalho, com os votos de toda a Diretoria para que tenham um Feliz Natal e ótimas Festas e que 2018 chegue trazendo muita Paz, Luz, Esperança, Amor e Felicidade.

Esses são os desejos da Direção da AFBEPA, seus funcionários e colaboradores.

UNIDOS SOMOS FORTES!

A DIREÇÃO DA AFBEPA

Texto e Imagens: Gleici Correa

Assessoria de Imprensa

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

AFBEPA SOLICITA AO BANPARÁ PROVIDÊNCIAS A RESPEITO DE PROBLEMAS NAS UNIDADES DE TRABALHO

A AFBEPA protocolou hoje, 06 de dezembro de 2017, um ofício ao Presidente do Banpará, Sr. Augusto Sérgio Costa Amorim, solicitando providências para problemas que vêm dificultando o trabalho dos funcionários em diversas unidades de trabalho.

A AFBEPA está sempre buscando o diálogo com o Banco para resolver questões importantes para a empresa e para o trabalhador.


Veja o ofício na íntegra abaixo.

UNIDOS SOMOS FORTES!

A DIREÇÃO DA AFBEPA

Texto: Gleici Correa

Assessoria de Imprensa

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

UNIDADES DE TRABALHO SÃO VISITADAS PELA AFBEPA

Santo Antônio do Tauá
A AFBEPA, representada por sua Presidenta Kátia Furtado, visitou diversas Unidades de Trabalho do Banpará e verificou ambientes de trabalho em situações que necessitam de um maior apoio do Banco, assim como funcionários envolvidos com a política encaminhada. As Unidades foram: Ag. Benevides; Ag. Bragança; Ag. Canaã dos Carajás; Ag. Capanema; Ag. Capitão Poço; Ag. Castanhal; Ag. Eldorado dos Carajás; Ag. Itupiranga; Ag. Marabá Cidade Nova; Ag. Nova Marabá; Ag. Parauapebas; Ag. Redenção; Ag. Rio Maria; Ag. Santa Izabel; Ag. Santo Antônio do Tauá; Ag. São Caetano de Odivelas; Ag. Sapucaia; Ag. Vigia; Ag. Viseu; Ag. Xinguara e Ag. Floresta do Araguaia.
                 
Agência Benevides
Nas visitas se teceu um panorama da Campanha Salarial 2016/2018 e do que está por vir em setembro de 2018. O problema que precisamos enfrentar para garantir a participação dos trabalhadores no Plano de Cargos e Salários, vez que o Banco teima em manter a política da Unilateralidade. Outro ponto contrário aos nossos interesses foi aceitarmos, em assembleia sindical em 2016, a Mudança do Marco Inicial do PCS, de janeiro de 2014 para janeiro de 2017, prejudicando as promoções ordinárias de 2017, por merecimento e antiguidade, e as promoções de 2018.

Agência Bragança
A respeito da próxima Campanha Salarial, Kátia ressaltou que teremos muitas batalhas a travar em 2018. A AFBEPA entende que será necessário lutar ainda mais bravamente, diante de tantos ataques à classe trabalhadora, como a queda da Súmula 277 do TST, que dava ultratividade aos Acordos e Convenções Coletivas, ou seja, se mantinham vigentes se outro Acordo não fosse celebrado; a Reforma Trabalhista; a Lei da Terceirização; a ameaça da Reforma da Previdência, além de outros ataques que estão por vir, que precarizarão, ainda mais, as relações de trabalho, por isso precisamos lutar.

Agência Canaã dos Carajás
Pensando na importância de se debater esses assuntos, a AFBEPA está formulando dois Eventos que irão abranger os temas: Previdência Social, Campanha Salarial 2018 e a Reforma trabalhista, etc. O encaminhamento é realizar um evento em 17 de março (sábado), voltado para o Sul e Sudeste paraense, outro em abril voltado para os colegas do Nordeste do estado, e mais para frente realizar outro em Belém.

Agência Capitão Poço
Durante sua visita às agências, a presidenta da AFBEPA ouviu as demandas dos colegas a respeito de problemas relacionados à estrutura das unidades de trabalho.
Agência Castanhal

Agência Castanhal

Sistema fora do ar deixou Agência Castanhal lotada
Uma reclamação que vem se repetindo diz respeito à instabilidade do sistema de informática do Banpará, que fica fora do ar constantemente, e é ainda pior em épocas de pagamento. Esse tipo de problema atrapalha os atendimentos nas Unidades de Trabalho, o que deixa a clientela insatisfeita, por ter que passar muito tempo esperando para ser atendida, quando conseguem o atendimento. Além, é claro, dos trabalhadores, que despendem uma maior energia física e psicológica para enfrentar essa situação. Esperamos que o Banco solucione essa questão, pois a situação prejudica muito os funcionários e a sociedade. A AFBEPA soube que há um problema com a Embratel, contudo o interesse é que o Banco possibilite alternativa que enfrente esse problema.

Agência Capanema
A Agência Capanema está com alguns problemas de estrutura, sendo um dos principais a utilização de uma caixa d'água de amianto, material extremamente nocivo à saúde e que teve sua comercialização proibida no Brasil. Por isso, solicitamos que o Banco aja urgentemente na substituição desse reservatório de água, assim como nos outros problemas estruturais que foram relatados pelos trabalhadores.

Agência Capanema
Ainda na Agência Capanema, vimos a precariedade do mobiliário da Unidade, que não está adequado às condições ergonômicas exigidas pela Norma Regulamentadora nº 17 – NR17, que estabelece os parâmetros para permitir a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, com o objetivo de proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente. Solicitamos que o Banco analise essa situação e aja de maneira urgente na substituição desse mobiliário por um que seja adequado e proporcione mais conforto e segurança para o desempenho das atividades.

Agência Viseu
Na Agência Viseu, a AFBEPA verificou que a infraestrutura é insegura, com mobiliários que já estão muito usados e não são adequados. No entanto, nova agência será inaugurada, o que deve resolver toda a situação colocada.  

Agência Santa Izabel
TER REGRAS CLARAS NO SENTIDO DE GARANTIR SEGURANÇA, SAÚDE E HIGIENE AO TRABALHADOR

Agência São Caetano de Odivelas
Algumas agências do Banpará foram arrombadas com dinamite, a qual tem em sua composição TNT, que causa um grande malefício à saúde dos trabalhadores. O problema é que não há por parte do Banco nenhuma regra de como agir após essas explosões, pois todas as Unidades de Trabalho explodidas ficaram só escombros e lixo tóxico, inviabilizando o trabalho.
Agência Rio Maria
Os funcionários ficam perdidos com a ausência de normatização do que fazer nesta situação????

Agência Itupiranga
A AFBEPA entende que é necessário ter ideia do grau de toxicidade, o que somente uma perícia tem como detectar. Outro ponto é cuidar da movimentação dos funcionários, com todos os direitos, para local próximo, na própria região.
E, depois, reconstruir a Unidade para a sociedade local.
Agência Floresta do Araguaia
As Agências de Eldorado dos Carajás e Floresta do Araguaia, e agora Santana do Araguaia, estão em ruínas, devido aos ataques sofridos em outubro, novembro e na madrugada de sábado, nos quais os criminosos utilizaram explosivos para roubar os cofres e caixas eletrônicos. Ainda não foi iniciado nenhum tipo de trabalho nos locais para cuidar da reforma daquelas unidades. 
Agência Eldorado do Carajás
O Banpará precisa agir com urgência nas reformas desses espaços, para que os funcionários possam voltar à sua rotina de trabalho e a comunidade possa voltar a usufruir dos serviços bancários prestados pelas agências. O Comitê de Relações Trabalhista intercedeu muito positivamente para que os funcionários dessas unidades (Eldorado e Floresta) fossem remanejados para agências próximas, com todos os seus direitos garantidos. Agora precisa interceder, novamente, para a criação de regras que explicitem procedimentos e proteção aos trabalhadores.

Agência Marabá Cidade Nova
Agência Nova Marabá
Esperamos que os locais que foram atacados e destruídos recebam a atenção necessária, que o Banco aja urgentemente na reconstrução dessas unidades.

Agência Sapucaia
Agência Xinguara
Em sapucaia, que também foi atacada por criminosos em agosto, vimos uma situação incomum. Como a unidade do Banpará é a única agência bancária do município, a Prefeitura reconstruiu o espaço, que é municipal, e assim a unidade voltou logo a funcionar.

Agência Parauapebas
Em todas as unidades, as quais a AFBEPA visitou, os colegas foram muito receptivos e calorosos. A interação é fundamental!

Agência Redenção
Agência Vigia
Esperamos que o Banpará tenha um maior cuidado na proteção aos seus trabalhadores, tratando com agilidade a resolução dos problemas de cada Unidade de Trabalho; propiciando autonomia e diálogo com os trabalhadores, a fim de haver crescimento mútuo. A AFBEPA está sempre buscando dialogar com o Banpará, para melhorar as condições de trabalho dos funcionários da instituição. Queremos sempre estar perto dos colegas, Lutando para garantir os nossos Direitos e interesses.

UNIDOS SOMOS FORTES!

A DIREÇÃO DA AFBEPA

Texto: Gleici Correa

Assessoria de Imprensa