segunda-feira, 10 de setembro de 2012

PARA O TRT, BANCO DEVE APRESENTAR UMA PROPOSTA CONCRETA AOS FUNCIONÁRIOS NA REUNIÃO DE AMANHÃ, 11.


Ao final da reunião no TRT hoje, que foi marcada a pedido do Banpará, a Desembargadora Dra. Suzy  Elizabeth Koury requereu que a diretoria do Banpará apresente, na reunião prevista para amanhã, 11, as 10h, uma proposta concreta para negociação.  Propôs, ainda, que a diretoria do Banco promova estudos acerca das proposições da categoria referentes a alguns ítens como: aplicação de piso diferenciado, uma promoção a todos os funcionários (no caso, por mereccimento, além da que já está programada em janeiro de 2013 que é uma promoção por antiguidade) e reajuste para todas as comissões.

A AFBEPA pediu pra consignar em ata da audiência a ata da reunião do Consad, na qual o Banpará afirmou ter provisionado 13% de reajuste para as verbas salariais. O que foi prontamente atendido pela Desembargadora.

O Banco argumentou que não possui condições financeiras e políticas de negociar as cláusulas econômicas, mas a AFBEPA e as demais entidades mostraram que o balanço do Banpará no semestre é muito positivo, além do esperado, como já publicamos aqui no nosso Blog. Ficou claro que as restrições são mais políticas do que financeiras, o que não é justo para com quem tem se esforçado ao limite para construir os resultados positivos do Banpará.

Consideramos o resultado final dessa reunião positivo, porque reforça a justeza da nossa luta, da nossa greve. Está muito claro para a Desembargadora que foi a intransigência do Banpará que levou os bancários à decisão da greve. Para os bancários, apenas uma contraproposta global e respeitosa que considere a Minuta como um todo pode satisfazer as justas demandas da categoria.

Nossa greve continua poderosa, legal, pacífica e justa!

UNIDOS SOMOS FORTES!





*

2 comentários:

Anônimo disse...

Tadinhos dos banqueiros, pobrezinhos do mangue, moram sobre palafitas, comem do lixão, enfim....
Vc, colega dos bancos privados, veja o que os seus patrões estão fazendo já em São Paulo, colocando uma tecnologia de ponta dentro das agências, como por exemplo robôs que sorriem, lhe dão informações e mais uma altíssima tecnologia caríssima, tudo para substituir a sua mão de obra num futuro próximo. Tecnologia esta comprada por vultosas fortunas e não podem dar 10, 13% de aumento pra vc, e se enchem de tirania contra o nosso movimento. Pergunto: por que querem tanto o lucro do Banpará, negando os nossos benefícios merecidos e anuais??? Será que querem todo o dinbheiro para aplicar na gananciosa campanha do candidato do barba de bode??? Senhor Barbudo, a sua candidatura à reeleição foi muito marcada, imagine a do seu cupincha Zenaldo, que nem chegará ao segundo turno. A não ser que o dinheiro que seria destinado ao nosso aumento, seja todo despejado nela. Deixe de ser nazista. O senhor nos enganou.

Anônimo disse...

A mim não enganou não! Esse governador e essa turma de tucanalhas já são conhecidos o bastante para que saibamos do que são capazes. Ou alguém acredita que uma hora dessas os lucros repassados já não estejam sendo usados nas campanhas do PSDB?