terça-feira, 11 de setembro de 2012

BANPARÁ MANTÉM A INTRANSIGÊNCIA E APRESENTA CONTRAPROPOSTA INACEITÁVEL


Rejeitada pelas entidades, na mesa de hoje, a frustrante contraproposta apresentada pela direção do Banpará, que continua sendo intransigente ao se negar a negociar nossas cláusulas econômicas. 

Na audiência de ontem com a Justiça do Trabalho, o pedido da Desembargadora vice-presidente do TRT foi para que o banco apresentasse proposta concreta considerando 3 itens econômicos: equiparação do nosso piso ao piso do Dieese, uma promoção a mais, por merecimento, na data base, além da que ocorrerá em janeiro, essa por antiguidade, e o reajuste de todas as comissões.

O Banco simplesmente ignorou o pedido da Desembargadora, a força de seus funcionários em greve há oito dias e as tentativas e proposições incansáveis das entidades. O que o Banco apresentou é vergonhoso. Vejam: 

1) Seguir a mesa da Fenaban em todas as cláusulas econômicas. Continuar negociando apenas as cláusulas sociais.

2) Manter na íntegra todas as conquistas do ACT 2011/2012, exceto o índice de reajuste e a PLR;

3) Na PLR adicional, garantir apenas os 2% da Convenção da Fenaban, sem o acréscimo de 2% que é praticado no ACT do Banpará; ou seja, não mais seriam concedidos os 4% na PLR adicional, mas apenas os 2%. Também não mais seria concedido o tíquete extra;

4) Antecipar 54% da PLR na próxima segunda-feira;

5) Antecipar na Fopag de setembro, 6% de reajuste, o que a Fenaban ofereceu e já foi rejeitado pela Contraf em mesa de negociação;

6) Acrescer 5 dias na licença prêmio dos funcionários concursados a partir de 1994 e os que já haviam completado 30 anos de Banco e já tinham perdido o direito.

Nem a AFBEPA, nem as demais entidades consideraram a menor possibilidade de acatar e defender tal contraproposta. Para esta AFBEPA, a proposta acima é um retrocesso e ninguém entra em uma greve forte como essa para perder conquistas.

DESCASO E ATENTADO AO DIREITO DE GREVE.
Kátia Furtado ressaltou o descaso da direção do Banco quando sequer providenciou uma pessoa para secretariar a reunião que, por esse motivo, não teve ata; pediu, também, para registrar o repúdio à forma como o Banpará está atentando contra o direito de greve, usando o mandado que apenas firma o livre acesso, para forçar os gerentes a convocarem os funcionários ao trabalho. 

A direção do Banpará está tomando atitudes provocativas quando, inclusive, publica nas portas das agências e matriz um comunicado induzindo os funcionários e clientes a acreditarem que a greve acabou, e incitando a população a procurar o Banco, quando tem plena consciência de que estamos em greve. Todas as medidas judiciais cabíveis estão sendo tomadas para resguardar o direito democrático dos bancários à greve, forçada pela própria intransigência da direção do Banpará.

DICA IMPORTANTE: a grande maioria dos bancários e bancárias do Banpará está firme e forte na greve e não poderia ser de outra forma, porque o Banco está inflexível. Chamamos à consciência alguns colegas que ainda cedem às pressões para furar a nossa forte greve. Agora é a nossa hora! Não é hora de recuar ou desistir! Vamos fortalecer nossa greve! Colega, durante a greve não atenda o celular e nem compareça ao local de trabalho para não ser alvo do assédio que atenta contra o direito de greve. Coragem! A lutas e as conquistas são para todos nós! 



O Banpará tem que aprender a nos respeitar! Vamos fortalecer a nossa greve para quebrar a dureza do Banco que ostenta os melhores resultados e crescimento em todas as áreas, mas ignora solenemente nossas necessidades e direitos. A solução do impasse continua nas mãos da direção do Banpará.


A GREVE CONTINUA!!!

UNIDOS SOMOS FORTES!!!




*

15 comentários:

Anônimo disse...

Precisa-se fazer uma mobilização na frouxura dos funcionários da matriz que, a partir de hj, "voaram feito passarinhos amendrotados" para seus locais de trabalho, enfrequecendo o movimento e dando margem para que a tirania continue intransigente. Mas, como "água mole em pedra dura tanto bate até que fura", eles não poderão aguentar por muito tempo as agências e pabs fechados. Além de intransigentes, são "burros" e "ignorantes", pois estão atraindo péssimo conceito de muitas classes trabalhistas para os anseios futuros desse decepcionante governo estadual, que enganou a muita gente. Esperem 2014, que já bate à porta. Zenaldo, volte para BSB e saia de fininho. Não tem nada para vc.

Anônimo disse...

Essa intransigência do Banpará é horrível; eles também irão ganhar com todos os pedidos da categoria bancária (além do que já ganham). Nós, que ficamos ate tarde na agência/pab atendendo sem ao menos as vezes beber uma água porque graças a Deus tem muitos clientes pra atender, merecemos as conquistas. Tudo fará com que tenhamos mais e mais vontade de aumentar o lucro do banco.
Continuaremos firme na luta!

Anônimo disse...

Sinceramente uma vergonha essa contraproposta apresentada por uma instituição onde dia a dia cresce a todo vapor, por nossos esforços.

Anônimo disse...

Meus colegas, isso é um desrespeito para conosco. Não há outra palavra para caracterizar essa proposta absurda da diretoria do Banco. Precisamos reforçar o movimento paredista para que o governo seja atingido, imediatamente. Soube que na UEPA estão negociando reajuste de 16% para tirar os funcionários da greve.

Anônimo disse...

Colegas da matriz, deixem de ser medrosos e pensem no bolso de vcs, que está sendo avassalado por essa ganância tucana de ter mais dinheiro, com certeza para a frustrada campanha municipal, já que não há mais nenhuma forma desse candidato deles pelo menos ir ao 2º turno. Deixem a inicência de lado e vejam que nunca tivemos uma guerra declarada em todos os anos que paralisamos as atividades. Eles, além de não dar o que pedimos, querem TIRAR O QUE VC JÁ TINHA E BAIXAR SEUS SALÁRIOS. Saia da sua sala e volte para casa. Em anos anteriores, as mesas eram logo atendidas e os benefícios negociados. Querem guerra, então vão ter guerra. E as armas fortes nós temos. Eles vão ter que ceder logo, caso você, colega da matriz, volte para a greve e deixe de ser medroso.

Anônimo disse...

Sinceramente quero que esse Zenaldo vá pra bem longe... em 2014 vamos dar uma resposta nas urnas e tirar esse governo tirano do nosso caminho. já podemos começar a dar lição agora neles. Temos bons candidatos a prefeituta de Belem. qeum sabe um desses ai não da um excelente prefeito e um futuro vereador.. unidos somos forte e voces companheiros que ainda estão com medo de perder a comissão e estão trabalhando, parem! vamos fortalecer nosso movimento. Não sejam medrosos e nem mediocres. todos irão ganhar!!

Anônimo disse...

Esse é o modo tucano de gerir. Os benefícios são para os dirigentes e sua turma (nepotismo e $$$) e o resto é que se lasque!. Como justificar essa absurda proposta que rebaixa os ganhos obtidos no ano anterior quando hoje obtivemos um maior lucro. Acham que somos burros ou palhaços em aceitar? Vamos nos unir cada vez mais e nos manter em greve e longe de nossos locais de trabalho, a greve é justa e legal, não temos do que ter medo! A legislação está sendo cumprida e direito é para ser respeitado e buscado com toda a máxima vontade. Vamos à luta! A vitória será nossa recompensa por nossa dedicação e compromisso conosco, nossas famílias e nossa instituição.Vamos à vitória!

Anônimo disse...

No caso da revogada portaria 97, a do "nepotismo", se fosse qualquer membro de qualquer partido político adversário... ja estaria nas principais mídias do estado e do país, liberal, diário, rede globo,bandeirante veja o globo,folha etc. mas como o mentor intelectual é representante do partido que sempre comandou a grande farsa nesse país fica por isso mesmo.Fora PSDB!

Anônimo disse...

ONDE SE LÊ FUTURO VEREADOR, O CORRETO SERIA FUTURO GOVERNADOR..... FORA SIMAO!!!! FORA SIMAO!!!! QUEREMOS NO BANPARA NOVA DIREÇÃO!!!

Anônimo disse...

No detran teve uma assembleia ontém,a qual será pedido a exoneração do diretor gera,por meio de baixo assinado...pois ele não tem capacidade técnica e nem politica para comandar um orgão do porte do detran...Poderiam pedir o mesmo no banpará.

Anônimo disse...

Considerando o clima organizacional em que se encontra o banco em razão das medidas administrativas tomadas desde o início pela atual gestão, acreditamos ser boa a idéia, anônimo das 08:39.

Anônimo disse...

Temos que derrubar a ditadura estabelecida por essa diretoria colegiada, que impõe suas portarias de forma despótica a todos os funcionários. Queria ressaltar também a portaria que colocou novo chefe do Nuaud, todos sabemos que Nuaud nao tem submissão hierárquica ao Presi ou Diretoria Colegiada, apenas e tão somente ao Conselho Administrativo, entretanto, passando por cima do Estatuto Social do Banco, o Diretor Presidente firmou portaria extrapolando de maneira abusiva seus poderes. Procurem a portaria que saiu este ano e leiam o Estatuto que vocês verão o absurdo! Eis mais um dos desmandos desta gestão!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
AFBEPA disse...

Não publicamos comentários ofensivos às pessoas, citando nomes palavras de insultos, de comentaristas anônimos. Se quer citar pessoas, assine o comentário e assuma. Se não pode assinar e assumir, pedimos que reescreva o comentário de modo a tecer a crítica, mas de maneira respeitosa. Obrigada.