quinta-feira, 6 de setembro de 2012

BANCÁRIOS RESPONDEM À ALTURA DIANTE DA INTRANSIGÊNCIA DO BANPARÁ: CRESCE A GREVE NO INTERIOR!


Diante da intransigência do Banpará, a resposta dos bancários é certeira: cresce a greve em todo o Estado. Agora, além da capital que tem as agências e matriz totalmente paralisadas, a adesão ao legítimo movimento de reivindicação se estendeu para trinta e seis municípios entre agências e postos. No início da semana que vem, atingiremos os 100% de paralisação em todo o Pará.


Parabenizamos os guerreiros colegas que, movidos pela consciência e pelo respeito aos seus próprios direitos, ao seu trabalho, à sua vida, acompanharam a soberana decisão da assembléia e paralisaram suas unidades. Firmes e corajosos, honram nossa luta, bravos colegas de: 

Abaetetuba, 
Altamira, 
Anajás, 
Barcarena/Posto, 
Bragança,
Breves,
Cametá, 
Canaã dos Carajás
Capanema, 
Capitão Poço, 
Conceição do Araguaia, 
Concórdia, 
Dom Eliseu, 
Garrafão do Norte, 
Itaituba, 
Itinga, 
Itupiranga, 
Juruti, 
Marabá, 
Moju, 
Óbidos, 
Oriximiná, 
Paragominas, 
Parauapebas, 
Pirabas, 
Redenção, 
Rondon, 
Santa Isabel, 
Santarém, 
Santo Antônio do Tauá, 
Salinas, 
Tailândia, 
Tracuateua, 
Tucuruí, 
Vigia e 
Viseu.




Lamentamos que o Banco continue empurrando seus funcionários para a greve. Os resultados do semestre mostram que o Banpará cresceu mais de 122% só no consignado, e acima de 95% na carteira de crédito. O Banco divulgou em ata de reunião do Consad que provisionou 13% de reajuste nas verbas salariais e possui, hoje, todas as condições para apresentar uma boa contraproposta aos bancários, por isso, se torna cada vez mais incompreensível que a direção do Banco esteja tão inflexível, endurecida para com quem está garantindo, no dia-a-dia, os recordes de lucros do melhor Banco estadual e do 5º melhor Banco do País.

POR TRÁS DA INTRANSIGÊNCIA DO BANPARÁ.
Temos ouvido comentários de que haveria uma pessoa dentro do Banpará diretamente ligada ao senhor Zenaldo, candidato a prefeito, pelo partido do governador Jatene, que estaria determinando essa postura intransigente, para não dar exemplo de bom acordo às demais categorias do Estado, como ocorreu o ano passado, quando o Banpará assinou o melhor acordo do Brasil.

Soa a escárnio que o governo estadual, que recebeu mais de R$66 milhões de dividendos do Banpará em 2011 (verba, aliás, que até agora não sabemos em que foi aplicada) agora queira impor seus interesses em nossa negociação salarial. Sabemos que o Banco está muito bem, graças ao nosso trabalho e não vamos recuar até que tenhamos nossas reivindicações atendidas!

FIRMES NA LUTA!

UNIDOS SOMOS FORTES!




*

5 comentários:

Anônimo disse...

Não duvido que o proprio Jatene tenha ordenado o endurecimento das negociações, e ainda por cima, usado esse repasse dos lucros para ajudar os candidatos do seu partido. É TRISTE saber que tanto trabalho duro, tantas horas extras, TODO O SANGUE que demos para elevar o resultado do banco serviu apenas para ajudar politicos mesquinhos a se elegerem.
Colegas estão adoecendo nas agências, outros deixando de aproveitar um tempo com seus filhos para se destruirem em expedientes exaustivos, para que? Para receberem um salário desproporcional aos lucros que dão aos patrões? Para serem desrespeitados por um presidente, que além de não demonstrar capacidade técnica para dirigir o banco, parece não ter controle emocional, demonstra instabilidade mental?
E até quando vamos colocar o futuro de nossas aposentadorias nas mãos de uma mesa representada por bancos privados, que tratam seus funcionários como animais, negando-lhes direitos e pagando salário de fome?
Chega de mesa da Fenaban! As prospostas deles não devem ser usadas como parametro para negociar nossas cláusulas economicas. Se o banco não quer dar os 13% e nem o piso do Dieese, que então apresente uma contraproposta à altura, que seja proporcional aos resultados obtidos graças aos nossos esforços. Chega de tiquetes extras, não reflitirão em nossas aposentadorias, e sei que muitos acabam vendendo, pois não conheço ainda bancário que passa fome com tiquete que recebe todo mês.
Vamos em busca da melhor proposta do país, como resposta à intransigência do Governo Estadual. Vamos em busca do melhor reajuste e do maior piso, pois nossa greve é forte e não aceitaremos migalhas.
Nem que a GREVE seja resolvida no dissídio, vamos nos manter forte até conseguir a nossa tão sonhada vitória!

Anônimo disse...

Bem, todos nós sabemos que nos últimos anos das administrações tucanas passadas, a negociação era comandada por pessoa ligada diretamente ao governo tucano. Lembramos também que era nessa época que o Banco tinha pífias performances, com lucros irrisórios, um banco sucateado, com uma baixa auto estima de seus funcionários. Nessa época o que alegavam, nas data bases, era que não havia como dar aumento, etc..., no entanto sabíamos, também, que nos gabinetes a vida era boa. Hoje o banco está sólido, com performances de mercado, lucratividade de 45 milhões no último semestre, conforme balanço recentemente publicado. Portanto é chegada a hora da justa recompensa, principalmente da área de ponta, das agências, que suportam o dia a dia desgastante que é o do atendimento ao cliente externo. Vamos em frente, vamos combater o bom combate, com a certeza de que "quem sabe faz a hora, não espera acontecer".

Anônimo disse...

Caros diretores da AFBEPA tenho duas sugestões a fazer:
1-É público e notório quem é a pessoa ligada ao Deputado/candidato Zenaldo Coutinho, essa pessoa tem nome e sobrenome e se chama Augusto Amorim, Presidente do Banco do Estado do Pará colocado neste cargo por indicação do Candidato Zenaldo Coutinho à época Chefe da Casa Civil do Governo Simão Jatene. A idéia é, por quê não precionamos de forma direta,corajosa e independente o Sr. candidato Zenaldo, para que ele acabe com essa pressão junto a direção do Banco ou iciaremos imediatamente a derrubada do do Sr. Augusto Amorim da presidencia do Banpará, começamdo com um abaixo assinado junto aos funcionários e se preciso for junto ao clientes e ao público em geral.

2- Que tal fazermos o enterro simbólico do Presidente Augusto Amorim, nesta segunda feira emfrente à Ag. Centro?

Anônimo disse...

Katia,no Detran é da mesma forma,o governo esta empurrando até hoje o PCCS...A mando do governador,só para lembrar ele,o MP,ta abrindo investigação por conta dos contratos com a Delta...ele e Ana julia.

Elizabeth Scott disse...

VEJAM o Video passa zenalcool ae…
http://www.youtube.com/watch?v=FgSuGw9ML-w