domingo, 2 de setembro de 2012

25 ANOS DE AFBEPA, FIRME NA LUTA! MUITO OBRIGADO!

Nossa eterna logomarca da Campanha pelo PCS

AFBEPA na Campanha Salarial 2011 e nosso cartaz nesta Campanha 2012.


Na festa de 24 anos, a justa homenagem ao nosso querido e combativo primeiro presidente e fundador, o poeta, teatrólogo, filósofo, escritor Nazareno Tourinho. Uma honra!

Era 2 de setembro de 1987. Os tentáculos da ditadura militar buscavam calar as cabeças pensantes, as falas da verdade, os desejosos de liberdades, de direitos, os sonhadores e lutadores da vida digna, essa promessa sempre adiada, e ainda assim construída, tijolo a tijolo, na luta, por mãos de quem jamais se cala! Assim nasceu a AFBEPA! Sua sina de independência e coragem está no ventre, na origem, no gene de homens e mulheres que não calaram! E está mais presente que nunca, hoje, quando a pequena e guerreira AFBEPA se levanta, pelas mãos dos bancários e bancárias, em defesa das mais justas e legítimas causas da categoria.


Naqueles anos da fundação, anos duros, o Banpará estava sob intervenção federal. Os sombrios militares, poderosos de plantão, a portas fechadas, tinham já selado a extinção do Banco. Mas não seria tão fácil assim!

Nos porões do prédio do comércio uma outra reunião ocorria, esta, iluminada, poética, aguerrida, democrática... e nela os homens e mulheres livres decidiram erguer bandeiras, gritar direitos, lutar pelo Banpará e por seus funcionários. Uma grande assembléia foi marcada para a ASBEP e naquela noite estrelada de 2 de setembro foi fundada, entre salvas, palmas, lágrimas e risos, a nossa querida Associação dos Funcionários do Banpará.

Naquele tempo comandava o Sindicato dos Bancários um homem que se perdeu nas entranhas do poder e que, para mantê-lo, foi capaz de todo tipo de traição, mentiras, acordos espúrios, como fazem os que se encastelam e se apegam aos tronos.

Naquele contexto, outra grande missão da AFBEPA, assim como da AEBA, já fundada, era servir de trincheira da luta verdadeira, legítima, classista, independente e corajosa dos trabalhadores. Curioso como, na espiral do tempo, a história se repete e se confirma.
AFBEPA na passeata contra a corrupção e na Sessão especial em defesa do Banpará na ALEPA, convocada, a pedido da AFBEPA, pelo Dep. Edmilson Rodrigues.

 No MPE, em reunião articulada, a pedido da AFBEPA, pela então Senadora Marinor Brito, e no gabinete do Dep. Federal Protógenes Queiroz, defendo o Banpará e os funcionários no caso ALEPA.

Campanha da AFBEPA reivindicando eleições diretas para nossos representantes nos comitês internos do Banpará, e visita, articulada pela então Senadora Marinor Brito, ao Secretário de Governo para tratar das reivindicações dos funcionários do Banpará.

AFBEPA na mesa de negociação ano passado, defendendo os interesses dos bancários e em reunião com os deputados para buscar abrir a mesa de negociação desse ano.

AFBEPA e demais entidades em reunião com deputados ano passado, e entregando ao Deputado e candidato a Prefeito Edmilson Rodrigues, a Carta em Defesa do Banpará com propostas para fortalecer o Banco através de parcerias e trabalho junto às Prefeituras. Pedimos que a Prefeitura de Belém volte a trabalhar com o Banpará.

Hoje a AFBEPA e a AEBA, associações irmãs, mantendo sempre sua autonomia, estão de mãos dadas, lutando pelos bancários e bancárias do Banpará e do Banco da Amazônia, e por bancários de outros Bancos que também nos procuram fazendo denúncias, pedidos de ajuda política, enfim.

A AFBEPA tem caminhado, desde 2007, quando retomou sua missão estatutária, no sentido da defesa dos interesses, direitos e conquistas dos bancários e de defesa do Banpará, enquanto Banco público, estadual.

Nossa faixa no ato/paralisação na Ag. Cidade Nova quando o Banco demitiu sem PAD.

Uma das fotos de denúncia das péssima condições de trabalho no PAB ALEPA, e nossa logomarca reivindicando todos as conquistas negociadas no ACT 2011, quando o banco excluiu três itens importantes.

Nossos cartazes para as lutas dos engenheiros e para as lutas dos tesoureiros do Banpará. Este ano será para os Caixas, coordenadores de PAB's e colegas do SAC.


Joventina, uma querida lutadora, ex-dirigente sindical, firme na luta em defesa dos bancários do Banpará. Um click no almoço do Encontro dos Bancários, gente de luta como tantos e tantas "que constroem a manhã desejada"! A AFBEPA é isso, o apoio, a participação, a alegria e a luta, a presença constante dos bancários e bancárias.


Um dos gráficos constantes do balanço público do semestre no site do Banpará, que postamos aqui no Blog, e a ata do Consad, também pública, que também só nos postamos e mostramos que o Banpará tem, sim, condições de negociar nossas cláusulas econômicas!

 
A tabela de comparações onde você vê as perdas que teremos se ficarmos só com as cláusulas econômicas da Fenaban, como querem alguns, e nossa resposta ao cartão do Banpará no Dia do Bancário.

 Nossos cartões no Dia do Bancário.
Todas essas imagens aqui postadas mostram um pouco da luta da AFBEPA desde 2007.

Para isso, temos levantado bandeiras fundamentais para os bancários: PCS, saldo remanescente do plano CAFBEP/PAS, lutas econômicas das nossas Minutas de Reivindicações, segurança, em momentos de assaltos, estamos presentes, dando o apoio e cobrando do Banco o necessário, saúde, condições de trabalho, denunciando e cobrando as reformas e melhorias nos equipamentos, pagamentos das horas extras, efetivação nas funções, ponto eletrônico, cumprimento dos direitos trabalhistas, denúncias de absurdos dentro do Banco, enfim, estamos de olhos e ouvidos bem abertos para defender a dignidade e os direitos onde quer que seja necessário!

Nossa logomarca da Campanha Salarial 2011/2012

E não temos medo, não nos iludimos, não nos vendemos e nem negociamos dignidade, verdade, autonomia.
A AFBEPA está nesse rumo porque assim querem os funcionários, seus associados, que sabem que podem contar com sua Associação para o que der e vier.

Nesse momento, apenas a AFBEPA está mostrando os cenários da luta, os documentos com as informações necessárias para termos força de negociar à altura nossas reivindicações. Lamentamos que seja assim. Queríamos que as demais entidades também estivessem ao lado dos bancários, mas isso não nos esmorece, porque a principal unidade, essa nós temos: com a categoria, com os trabalhadores, com os bancários e bancárias que caminham junto, dirigindo os passos da AFBEPA.

Agradecemos as felicitações! Neste dia especial, dia de nosso aniversário de 25 anos, há festa e esperança em nossos corações, com alegria e força para lutar incansavelmente, ombro a ombro, mão na mão, juntos, muito obrigado, muito obrigada! 




Nossa logomarca da Campanha Salarial 2012/2013.


UNIDOS SOMOS FORTES!



*

Um comentário:

Anônimo disse...

to emocionado. que fotos lindas me fizeram relembrar tanta coisa importante, momentos de luta. parabens a nossa associação que nos honra e nos defende e nos respresenta. que continue sempre assim, de luta.