quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A FORMAÇÃO DA NOVA DIRETORIA - O PRIMEIRO ATO DE PESO DO NOVO PRESIDENTE

Noticiamos aqui, no dia de ontém, a positiva reunião da AFBEPA com o novo Presidente do Banpará, ainda a ser empossado pelo governador, tão logo seja confirmado pelo Banco Central. O Presidente declarou uma grande vontade de dialogar e construir, junto com sua equipe e com as entidades representativas dos funcionários, os caminhos para fortalecer o Banpará e garantir direitos e conquistas para a categoria, sempre considerando o banco em sua amplitude, em sua diversidade, para somar esforços. Foi este o entendimento da diretoria da AFBEPA, que o escutou atentamente.

O primeiro ato de peso do novo Presidente será a definição de sua nova equipe de trabalho, a nova diretoria do Banpará. Acreditamos que imbuído deste espírito democrático, o novo Presidente, certamente, dispõe de muitas opções para compor uma diretoria nova, de fato, uma diretoria com profissionais que demonstrem sensibilidade e equanimidade, além de competência técnica, evidentemente.

O Banpará possui vários, possui muitos técnicos brilhantes com tais qualidades. Do nosso ponto de vista, essas qualidades são fundamentais para que a nova diretoria do banco esteja em fina sintonia com as vontades declaradas do Presidente, para que as pessoas, agindo nos cargos de poder, possam sempre ter em conta o respeito à democracia, aos direitos constituídos, o respeito às liberdades, à valorização da diversidade que soma e compartilha.

A AFBEPA e o funcionalismo sofreram uma grande opressão pelo impedimento de envios de e-mails, bloqueio deste blog, retirada da Associação do GT do PCS e das mesas de negociação da Campanha Salarial, toda forma de exclusão e perseguição contra a Associação... essas foram posturas fechadas, atitudes reacionárias e repressoras de um passado não muito distante e que, esperamos, esteja enterrado para nunca mais retornar.

Desejamos, assim como o novo Presidente, que as marcas e signos do autoritarismo e da imposição sejam lavadas e levadas de nossas vidas. E que as vontades declaradas do novo Presidente do Banpará, que são do diálogo, da inclusão e da abertura, sejam as marcas das novas pessoas que comporão a sua diretoria. Que seu primeiro ato de peso confirme e efetive suas vontades. E que tudo seja muito diferente do que foi, recentemente.

Mais uma vez desejamos boa sorte à nova administração do banco e a todos os bancários e bancárias neste 2011.



*

9 comentários:

Anônimo disse...

É isto aí Afbepa, não queremos retornar a era Sandra Borges e muito menos a opressão política desencadeada por essa adminitração que termina, que infelizmente, mesmo a governadora dizendo que defendeu a democracia em outras épocas, a marca do seu governo não foi o respeito as nossas liberdades, por isso queremos que que isso mude.
Um bancário desolado com os boatos que estão circulando no banco.

Anônimo disse...

Ufa, até que enfim chegou a mudança, hein, presidenta? Desejo que a nossa AFBePa possa ser mais ouvida e participativa nessa nova direção, a fim de defender com competência os nossos direitos e deveres. Boa sorte ao novo presidente e sua equipe. Vamos ter mais sensibilidade com os adoecidos em licença, que ficam ao léu no que se refere aos benefícios repassados pela instituição. Que Deus nos abençoe!

Anônimo disse...

Muita diferença da outra diretoria,que em união com o sindicato, só queria prejudicar os trabalhadores e afbepa.
Parabéns ao Augusto,que mantenha a palavra.

AFBEPA disse...

Prezado anônimo que tem feito comentários citando nomes, não podemos publicar seus comentários porque, em respeito às pessoas, evitamos citar nomes.

Sobre a formação da nova diretoria do Banpará, a posição da AFBEPA está expressa diante do quadro real até o presente momento. A Associação não pode e não deve se antecipar aos fatos, mas a expectativa é a de que o novo Presidente do Banpará convoque pessoas que estejam em sintonia com a vontade declarada de diálogo franco, abertura de canais com as entidades e soma de esforços conjuntos para valorizar e fortalecer cada vez mais o Banpará e seus funcionários, nossos colegas. Avaliações só poderão ser feitas após a nomeação das pessoas para os cargos.

Um forte abraço e apareça sempre, porque esse blog é nosso!

Anônimo disse...

Katia ,que o banpará continue firme e forte igual a vc,bjão.Joaquim.

Anônimo disse...

Presidenta kátia,
Parabéns pela postura moderada e equilibrada que abordou o assunto da nova diretoria do Banpará. É hora de união entre a nova Diretoria, órgãos representantes da classe trabalhadora e todos os funcionários para o fortalecimento e vida longa do banpará.

Anônimo disse...

AFBEPA,
Peço desculpas por ter citado o nome da "Dama de Aço", é que estou realmente preocupada com os rumos que os recursos humanos do Banpará possam tomar, caso o nome dessa senhora, seja confirmado como titular da DIRAD. O mêdo não é só meu mais de todas as pessoas que já tiveram a oportunidade de conviver com a referida "Dama".
É claro que a AFBEPA não pode e nem deve se anteceder aos fatos, mas imploro, que essa associação fique atenta e vigilante.

Anônimo disse...

Tomara que esta nova diretoria respeite os seus colaboradores, pois além do respeito precisamos de dignidade como ser humano, e mais precisamos ser vistos com mais HUMANIDADE E RESPEITO, principalmente os funcionarios do interior que vestem a camisa desta instituição.E precisamos de algo tambem muito importante ser ouvidos e atendidos....

Anônimo disse...

Como funcionária do Bnpará espero, sinceramente, que Augusto tenha apreendido com Mário Ribeiro o que é educação, o que é competência, o que é respeito ao funcionários.
Queremos esquecer para sempre o Sr. Edilson e a sua equipe que perseguiram pessoas apenas pq participaram do governo anterior.
O banco não é formado por partidos políticos e sim por pessoas que lutaram p/ passar em um concurso público.
Boa sorte Augusto